Nota da UFRB em solidariedade às famílias de Bruno Pereira e Dom Phillips

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) expressa solidariedade às famílias de Bruno Pereira, indigenista, servidor da Fundação Nacional do Índio (FUNAI); e de Dom Phillips, jornalista britânico do Jornal The Guardian, cruelmente assassinados. Nosso apoio diante do sentimento de tristeza e revolta que aflige a todos, em especial seus familiares, amigos, colegas, povos indígenas do Vale do Javari pelos quais lutavam e para quem manifestamos nosso apoio e respeito.

Luta incessante, cujo trabalho fora realizado com dignidade, comprometimento e ética para com os direitos humanos e ambientais, diz respeito à realidade vivenciada pelos povos indígenas no Brasil que sofrem com o descaso e violências contra suas lideranças e famílias. A relação entre Bruno, Dom e os povos indígenas, também representados pela União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (UNIVAJA), não deixa dúvidas quanto a necessidade de maior atenção, por parte do Estado, para com a vida e os direitos dos povos e comunidades tradicionais e do meio ambiente, um bem comum. Trajetórias que denunciam a indiferença para com a segurança de profissionais cujas atividades vinculam-se aos direitos humanos e coletivos; as dificuldades e violências enfrentadas por servidores no âmbito institucional que limitam o acesso dos povos e comunidades aos seus territórios; e a invisibilidade quanto ao sucateamento dos órgãos de Estado responsáveis por tais demandas.

Expressamos nossa indignação frente à naturalização de homicídios contra lideranças de povos e comunidades tradicionais e de movimentos sociais no Brasil. Fato ainda pouco questionado social e politicamente quando considerada a perversa rapidez com que, sem pudor e alto nível de crueldade, ocorrem. Denunciamos, pois, a ausência de humanidade por omissão, maior arma utilizada por aqueles que se valem da política de extermínio quando deveriam, ao contrário, defender quem dedica a vida em prol da liberdade, autonomia, dignidade, educação, respeito visando o bem comum, a sociedade, seu aparato institucional e seus servidores, igualmente públicos.

Diante de tamanho pesar, a UFRB, enquanto instituição pública de ensino, respeitosa, solidaria e reiteradamente, se une em solidariedade às demais instituições de apoio aos povos e comunidades tradicionais, em especial aos povos indígenas do Vale do Javari, aos membros da UNIVAJA, aos servidores públicos, em especial os da FUNAI, e profissionais de imprensa, hoje enlutados.

Nossos sinceros sentimentos aos familiares de Bruno e Dom e aos povos indígenas do Vale do Javari.

Cruz das Almas-Ba, 20 de junho de 2022.

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

Source: UFRB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.